Por: Ricardo Gebeluca | 22/02/2019

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) flagrou uma ambulância carregando pescados na BR-101. O veículo foi adaptado com uma câmara fria. Para despistar a fiscalização, o utilitário trafegava com a sirene ligada. Além de evitar ser parada em blitz, a caracterização possibilitava ao motorista fugir de congestionamentos.

Segundo a PRF, a caminhonete tinha todos os dispositivos de sinalização luminosa e sonora funcionando, além de estar com o logo “ambulância” na dianteira. O condutor não possuía CNH na categoria exigida pelo PBT do veículo e a alteração de característica não constava no CRLV. O veículo foi retido para regularização.