Por: Ricardo Gebeluca | 1 mês atrás

O município, por meio da Secretaria de Compras, abriu nesta terça-feira (19), um procedimento administrativo para averiguar os motivos que levaram a empresa vencedora da licitação (Rizzo Parking), ao descumprimento da implantação do estacionamento rotativo, em Balneário Camboriú.

A empresa terá prazo de cinco dias para apresentar as argumentações para o descumprimento do contrato, que previa o início dos trabalhos dia 18 de março.

De acordo com o secretário de Compras, Samaroni Benedet, entre as medidas adotadas em casos administrativo com esse teor estão previstos desde a aplicação de multa até a rescisão contratual. Caso isso ocorra, poderá ser chamada a terceira colocada da licitação para fazer o serviço. “Caso não haja o interesse da empresa será aberta uma nova licitação”, explicou Samaroni.