Por: Ricardo Gebeluca | 10/05/2018

Uma situação lamentável registrada na madrugada desta quarta-feira (09) chocou a comunidade regional. Uma mãe teve seu bebê no banheiro do hospital, após médico deixar instituição hospitalar.

De acordo com informações, o caso aconteceu no Hospital Monsenhor José Locks, em São João Batista. A mulher esteve no local na terça-feira (08) pela manhã, apresentando fortes dores. O médico teria lhe mandado para casa, dizendo para ela retonar caso aumentassem as contrações.

Por volta da meia noite desta quarta, a bolsa se rompeu e ela retornou ao hospital. Mesmo com fortes dores, foi orientada a esperar. Durante a madrugada, teve sangramento e foi ao banheiro, onde a criança acabou nascendo, inclusive chegando a cair no piso.

O médico havia ido embora, deixando instruções para que fosse chamado, porém de acordo com a médica plantonista o responsável só poderia ser acionado após as 5h da madrugada.

O nascimento ocorreu por volta das 2h45. A mulher e o recém-nascido estão sob observação.

Nota oficial

A Secretaria Municipal de Saúde vem a público prestar esclarecimentos sobre o nascimento de uma criança no banheiro do Hospital Municipal Monsenhor José Locks na madrugada desta quarta-feira (09).

Ao tomar conhecimento do fato, o secretário Ademir José Rover se dirigiu ao pai e à equipe para saber informações.

O nascimento ocorreu às 2h45, quando a gestante já estava internada e se dirigiu até o banheiro.

A bebê, que nasceu com 52cm e 3.100kg, se chama Eloah, passou por avaliação médica instantes depois do parto e está com o quadro clínico dentro da normalidade, assim como a mãe. A expectativa é que ambas recebam alta hospitalar amanhã (10).

Por ordem da secretaria, uma sindicância foi aberta na manhã desta quarta-feira pelo Instituto Vidas, que é o responsável pelo plantão obstétrico, para apurar se houve alguma falha e tomar as medidas cabíveis.

Salientamos que não medimos esforços para que todos sejam atendidos da melhor forma. Em torno de 700 pessoas por semana são atendidas no hospital, uma média de 100 pacientes por dia e nascem, em média, 40 bebês por mês.

Com informações JR