Por: Ricardo Gebeluca | 10/10/2018

Em entrevista à Rádio Jovem Pan na tarde desta terça-feira (9), o candidato Jair Bolsonaro (PSL) afirmou que adotará uma postura neutra no segundo turno da eleição para governador em Santa Catarina, Estado em que recebeu a maior votação proporcionalmente no país.

O presidenciável não manifestará apoio nem para o candidato Gelson Merisio (PSD) – que declarou seu voto em Bolsonaro no primeiro turno –, nem para o candidato Carlos Moisés, que é do mesmo partido de Bolsonaro. Em outras palavras, jogo empatado em 1×1 no segundo turno catarinense.

“Santa Catarina foi o Estado com a minha maior votação. Se eu assumir um lado, vai cair minha votação. A votação mais importante para nós é para presidente da República”, explicou Bolsonaro, sobre a decisão.

Merisio e Moisés avançaram para o segundo turno neste domingo (7), após conquistarem 31,12% e 29,72%, respectivamente, dos votos válidos para governador. Agora, terão mais tempo na televisão para apresentarem suas propostas à população catarinense.

 

Assista à entrevista: https://www.youtube.com/watch?v=VAQO2rEwCQ0 (o trecho sobre as eleições em Santa Catarina começa aos 18:52).