Por: Ricardo Gebeluca | 13/03/2018

Nesta segunda-feira, 12, por volta das 19h, a Polícia Militar recebeu uma denúncia via Central de Emergências 190, dando conta que vários homens estavam descarregando televisores em uma residência na Rua Fermino Taveira Cruz, n° 815.

Quando a guarnição chegou no local um homem percebeu a movimentação e fugiu pelo telhado. Na garagem foi encontrada uma televisão de 60 polegadas. Dentro da casa foi abordada Mayara Drapzichinski Badaro de 21 anos, esposa do homem que fugiu pelo telhado, identificado apenas como Rafael.

Ao fazer buscas pela residência foram encontrados 21 anéis, 20 brincos, 8 pulseiras, 3 correntes, 4 telefones celular, 2 aparelhos de som, 5 televisores e controles remotos, 1 computador com dois teclados e mouses, 1 relógio de pulso, 2 pares de tênis, calças Jeans, 1 boné, 1 camiseta e 1 colete.

Foi constatado que parte do material encontrado foi furtado em um condomínio na Avenida Interpraias, na madrugada do dia 11/3.

Enquanto as guarnições faziam as buscas, um veículo Renault Logan, placa MFH-3589 foi estacionado nas proximidades com um condutor suspeito e sendo logo abordado. No interior estava Felipe Oliyinik Torneiro, de 21 anos, Jean Carlos Mendonça de Almeida, 24 anos e um adolescente de 17 anos.

Em busca veicular foram encontrados 1 televisor, 1 garrafa de Whisky, aparelhos celulares e 1 caixa de som.

Ao consultar o nome do menor de idade foi constatado que possuía um mandado de busca e apreensão ativo.

Foi apreendido também um veículo da marca Hyundai modelo HB20, placa MLM-7543 que estava em posse de Mayara e do homem foragido, o carro não possuía documentos e Mayara não soube explicar sua origem.

Mayara admitiu que guardava os objetos em sua casa e saber que tinham origens ilícitas, Felipe, Jean e o menor de idade assumiram serem os autores dos furtos.

Ambos os veículos foram apreendidos.

Diante dos dos fatos, todos foram presos em flagrante e o material apreendido para ser devolvido aos proprietários.

*Mayara Drapzichinski Badaro não possuía nenhum Boletim de Ocorrência no seu nome.

** Felipe Oliyinik Torneiro tem 2 Boletins de Ocorrência em seu nome, ambos por posse de drogas.

* Jean Carlos Mendonça de Almeida não possuía Boletins de Ocorrência em seu nome.

**O menor de idade de 17 anos possuía um mandado de apreensão e 47 boletins de ocorrência em seu nome por cometer delitos como: Furto, posse e tráfico de drogas, roubo, ameaça contra a mulher, associação criminosa, invasão de propriedade e fuga.