Por: Ricardo Gebeluca | 11/01/2018

As últimas horas foram de muita chuva no litoral de Santa Catarina, Itapema   registrou uma precipitação de água de 185 milímetros em 24h, volume esperado para o mês inteiro de janeiro. As chuvas iniciaram na manhã da última quarta-feira (10) e seguiu durante todo o dia. Na madrugada de quinta-feira (11) a região foi atingida por uma forte chuva causando alagamentos, deslizamento e muita destruição. A Defesa Civil de Itapema informou que até o momento tem 26 pessoas que precisaram deixam suas casas em busca de abrigo. Cerca de 60 ruas foram alagadas em todos os bairros da cidade e foram registrados seis pontos de deslizamento de terra além de 70 casas atingidas diretamente pela água.

Muitos carros também foram danificados pelos alagamentos, as garagens subterrâneas dos prédios ficaram totalmente cobertas pela água.

Na rua 258 o asfalto cedeu e abriu um buraco, um motociclista que passava pelo local de madrugada não viu o buraco e se acidentou.

O parque Calçadão da Meia Praia também sofreu danificações, parte da estrutura desabou.

Durante a tarde da última quinta-feira (11) a Prefeita de Itapema, Nilza Simas, juntamente com o Diretor da Defesa Civil, Cabo Motta, estiveram reunidos para discutir ações a serem feitas mediante a situação caótica. “No início da tarde assinei o decreto de emergência para garantir maior agilidade nas ações de atendimento a nossa comunidade”, relatou a Prefeita.

O Cabo Motta aleta para possível deslizamentos de terra. “ Estamos monitorando a região e pedimos para todos ficarem em alerta. Nesse momento a Defesa Civil trabalha em conjunto com a Secretaria de Obras e Transportes na desobstrução e drenagem das vias”, explicou Motta.

Destruição também em Porto Belo

Porto Belo também foi bastante atingida, mais de 60% da cidade foi alagada. Em 24h choveu 180 milímetros, cerca de 50 pessoas foram retiradas das suas casas e cinco famílias desabrigadas, que estão acolhidas no Centro de Cidadania do município, e já recebem doações de roupas e mantimentos. O Prefeito de Porto Belo, Emerson Luciano Stein, decretou situação de emergência. As equipes estão nas ruas ajudando os desabrigados e recolhendo as pessoas de áreas de risco.