Por: redação | 09/10/2019

Edson Olegário, o Edinho Galo, ex-prefeito de Camboriú, Litoral Norte catarinense morreu após um acidente na Estrada Geral dos Macacos, nesta quarta-feira (9) aos 57 anos, dia do aniversário do político. A informação foi confirmada pela prefeitura.

Segundo a administração, Edinho bateu a caminhonete contra um poste na localidade de Villa Conceição, na área rural, a 13km do Centro do município. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Trajetória

Edinho Galo foi prefeito da cidade, pelo PMDB, na gestão de 2005 a 2008, e atualmente era filiado ao PDT.

O político foi acusado de ser o mandante da execução de Eneri Antônio Souza e iria a júri popular dia 31 de outubro.

O crime ocorreu em agosto de 2008 e outras quatro pessoas acusadas de participar do assassinato já foram condenadas. Ele chegou a ficar preso por cinco meses em 2010, mas conseguiu recurso da Justiça para responder pelo crime em liberdade.

Luto

A Prefeitura de Camboriú decretou luto oficial de três dias. O velório do ex-prefeito será no Pavilhão do Gideões Missionários da Última Hora, anexo a sede da Igreja Assembleia de Deus.