Por: Ricardo Gebeluca | 06/03/2019

Segundo release divulgado pela Polícia Militar em 2018, o homem de 43 anos, vítima de assassinato em uma casa noturna de Itajaí na madrugada de domingo (03), era um traficante conhecido na cidade e tinha tentado matar o próprio filho no ano passado.

A notícia foi divulgada, oficialmente, pelo repórter Paulo Roberto em novembro de 2018. Nela, a PM dizia que o homem atirou duas vezes contra o próprio filho e passou a arma para outro filho, que também atirou no irmão. O rapaz foi socorrido e conseguiu sobreviver.

Em suas redes sociais, o jovem baleado chamou o pai de covarde, que gosta de torturar mulheres, bater em coitados e espancar os próprios filhos. Segundo a PM, o homem morte neste domingo tinha passagens por tentativa de homicídio, perturbação e violência doméstica.

O homem, que tentou matar o próprio filho em 2018, foi morto a tiros em 2019. Os disparos atingiram o peito e o abdômen da vítima, quando o Corpo de Bombeiros chegou ao local para prestar socorro o homem já estava morto. As câmeras de segurança do local registraram o assassinato e as imagens serão entregar para a Polícia Civil para auxiliarem nas investigações.