Por: Ricardo Gebeluca | 25/05/2018

Manifestantes que bloqueiam a BR-470 em Indaial instalaram cartazes defendendo uma intervenção militar no país. Os dizeres foram impressos em letras garrafais em pôsteres produzidos em gráficas. Segundo Magrão, líder local da greve dos caminhoneiros que não quer se identificar alegando medo de represálias, o grupo acredita que, se a luta da categoria não ter respaldo em Brasília, num regime presidencialista, uma intervenção será necessária.

“Esses ladrões que fazem as leis jamais vão fazer a lei contra eles. A gente é, sim, a favor da intervenção militar, até colocamos faixas aqui”, analisou.

Questionado pela reportagem sobre o que aconteceria caso as Forças Armadas decidissem intervir novamente na política nacional, o manifestante respondeu:

“Aí eu não sei, eu não sou político, assim não dá para continuar. Eu não sou militar, não sou político, não sei nem como funciona isso aí. Eu só sei andar de caminhão”.

Apiúna

Em Apiúna, os para-brisas dos caminhões ganharam mensagens semelhantes. Quem passa pela rodovia vê uma fileira de veículos pedindo a volta dos militares.

Com informações O Município Blumenau