Nota de repúdio ALESC

Parlamentar catarinense é impedido de participar de uma audiência em órgão público.

A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Santa Catarina manifesta seu veemente repúdio ao Secretário de Estado de Infraestrutura e Mobilidade Carlos Hassler, pelo tratamento dispensado ao Deputado Estadual Valdir Cobalchini, do MDB, impedido de participar de uma audiência na sede da Secretaria quando acompanhava o prefeito municipal de Pinheiro Preto, nesta terça-feira (04/02).

Quando impediu um parlamentar catarinense de participar de uma audiência em órgão público, o secretário não cometeu somente uma grave indelicadeza com um deputado que, inclusive, já comandou com êxito reconhecido aquela Secretaria. Também feriu um dos pilares da democracia, que prevê a representatividade do cidadão por seus parlamentares.

Quando deixou o deputado estadual Valdir Cobalchini do lado de fora do seu gabinete, o Secretário Hassler deixou lá também todos os cidadãos catarinenses representados pelo Parlamentar. Especialmente os cidadãos do município de Pinheiro Preto interessados no assunto daquela audiência. Na Secretaria de Estado só devem ser tratados assuntos administrativos e republicanos. Não existe, portanto, nenhuma razão para não permitir a presença de um Deputado Estadual naquele recinto e naquele encontro entre agentes públicos.

Com tristeza e indignação, a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina ratifica seu repúdio e clama para que nunca nos falte o respeito.

Deputado Julio Garcia

Presidente

Deputado Mauro de Nadal

Primeiro Vice-Presidente

Deputado Rodrigo Minotto

Segundo Vice-Presidente

Deputado Laércio Schuster

1º Secretário

Deputado Padre Pedro Baldissera

2º Secretário

Deputado Altair Silva

3º Secretário

Deputado Nilso Berlanda

4º Secretário