O que assistir de graça na internet em tempos de afastamento social

Com mais pessoas ficando em casa na intenção de conter a disseminação do novo coronavírus no Brasil e no mundo, empresas têm divulgado a liberação de conteúdos audiovisuais para entreter a população e aumentar as opções caseiras de lazer durante o período.

Assim como diversos outros setores econômicos, a indústria cinematográfica e outras áreas da cultura vêm sofrendo os impactos da pandemia, com salas de cinema sendo fechadas ou tendo seu público drasticamente reduzido, e muitos lançamentos sendo adiados.

Nesse cenário, o streaming tem ganhado ainda mais força. Operadoras de TV por assinatura também liberaram mais canais para seus clientes. Confira um apanhado de serviços que oferecem ou estão disponibilizando temporariamente conteúdos audiovisuais gratuitos:

 

Spcine Play

O serviço de streaming da empresa de fomento ao cinema da prefeitura de São Paulo liberou por 30 dias o acesso a todo seu catálogo a partir da quarta-feira (18). Para assistir, é preciso cadastrar e-mail e senha na plataforma Looke, para a qual o usuário é redirecionado ao selecionar um título.

https://www.spcineplay.com.br

 

Globoplay

O serviço de streaming do grupo Globo também disponibilizou para não-assinantes, durante 30 dias, filmes infantis, algumas séries e temporadas da novela “Malhação”. O foco principal são crianças e adolescentes dispensados das aulas. Para acessar conteúdos que estão liberados, não é preciso se cadastrar na plataforma.

https://globoplay.globo.com

 

Medeia filmes

A empresa portuguesa Medeia Filmes anunciou que irá disponibilizar três filmes por semana para streaming em seu site. Não é necessário cadastro. Na primeira semana da iniciativa, a plataforma exibe três filmes do cineasta Wim Wenders com legendas em português: “O estado das coisas”, de 17 a 18 de março de 2020, “Paris, Texas”, disponível entre os dias 19 e 20 e “Lisbon story – viagem a Lisboa”, que pode ser assistido entre 21 e 22 de março. Nas semanas seguintes, filmes novos devem entrar toda terça, quinta e sábado para garantir uma “quarentena cinéfila”, como define a exibidora.

http://medeiafilmes.com

 

Sesc TV

Grande parte do conteúdo original produzido pelo canal Sesc TV está disponível sob demanda em seu site e é gratuito, sem requisitar cadastro ou assinatura. O canal acaba de lançar a série documental em cinco episódios “Paulo Freire, um homem do mundo”, dirigida pelo cineasta Cristiano Burlan, que pode ser assistida na íntegra pelo site. Há também séries de ficção, como a elogiada Revolta dos Malês, dirigida por Belisario Franca e Jeferson De. São mais de 800 conteúdos disponíveis, entre espetáculos, documentários, filmes e entrevistas.

https://sesctv.org.br/programas-e-series

 

Digital Concert Hall

Com o cancelamento de apresentações musicais, alguns músicos têm realizado e transmitido online gratuitamente performances sem plateia. Muitas dessas apresentações estão dispersas em sites de organizações ligadas à música erudita, mas há tentativas de reuni-las. A plataforma de streaming da Filarmônica de Berlim, chamada Digital Concert Hall, também disponibilizou gratuitamente por 30 dias todos os seus concertos e filmes para aqueles que se cadastrarem no site com o código BERLINPHIL até 31 de março de 2020.

https://www.digitalconcerthall.com

 

Informações: Nexo

Últimas Notícias

Mais lidas