Por: Redação | 01/10/2020

Ei, jovem! Já parou para pensar que a idade chegará para você também?

Essa “chamada de atenção” é a intenção do dia do idoso comemorado anualmente no dia primeiro de outubro, data que é celebrado também o aniversário do estatuto do idoso, que em 2020 completa 17 anos. É fazer perceber que o envelhecimento é algo natural e que todos os seres vivos passam por esta fase.

O estatuto do idoso regulamenta direitos e cuidados às pessoas idosas, garantindo a segurança principalmente aos idosos que chegam a um ponto vulnerabilidade, seja ela física, social, emocional. Assim essa população tem segurança na legislação de que seu benefício não poderá ser desviado por seu cuidador, que não poderá ser coagido a assinar procurações ou outros documentos que transfiram valores a terceiros. Inclusive o  casamento com uma pessoa acima de 70 anos só poderá acontecer no regime de separação total de bens.

Em Itapema, a Associação de Idosos do Bairro Morretes (AIMOR) é um exemplo de organização da sociedade civil (OSC) que atua com foco na pessoa idosa. Neste momento de pandemia seguem com as tradicionais atividades semanais paradas, por conta do distanciamento social, no entanto seguem atuantes no conselho municipal da pessoa idosa, que vem acontecendo de forma online, bem como participando de formações, palestras e atividades de fortalecimento da associação, tudo de forma remota.

Reportagem: Instituto Araxá – Projeto Sua Causa, Nossa Causa