Por: Ricardo Gebeluca | 11/06/2019

A noite de sexta-feira (7) começou com fortes emoções para uma família de Balneário Camboriú e para os policiais em serviço na guarita do 12º Batalhão. Era por volta das 20h30 quando um senhor entrou carregando uma recém-nascida que não conseguia respirar, necessitando de atendimento imediato ali mesmo.

Prontamente, os policiais acalmaram o avô da criança e colocaram a bebê em posição para as manobras de desobstrução das vias aéreas. O procedimento foi um sucesso e ela voltou a respirar, para alívio de todos. O SAMU ainda foi chamado para uma avaliação mais minuciosa e o médico liberou a menina ao constatar que não havia outros riscos a sua saúde.

A mãe contou que a bebê havia tido uma crise de vômito após mamar e começou a se engasgar. Como moravam perto do quartel, a primeira coisa que pensou foi levar a filha para lá em busca de socorro.

A orientação nesses casos é para os pais tentarem manter a calma, não jogando a criança para cima, nem soprando seu rosto. Deve-se buscar ajuda profissional através de um dos serviços de atendimento, ligando 190, 192 ou 193.