Por: Ricardo Gebeluca | 28/11/2018

A Polícia Civil de Santa Catarina, por intermédio da Delegacia de Polícia de Santo Amaro da Imperatriz, cumpriu na tarde desta segunda-feira (26) mandado de prisão preventiva de um professor investigado por estuprar sete alunas com idades entre 10 e 11 anos. Conforme o delegado Rodrigo Mayer, as apurações, que duram há um mês, tiveram início quando as meninas resolveram contar aos pais sobre os fatos, que depois procuraram a Polícia Civil.

“De acordo com os relatos, aproveitando-se de sua posição profissional, o professor abusava sexualmente de diversas alunas, mediante a prática de atos libidinos diversos da conjunção carnal”, comentou Mayer.

Também foi cumprido na casa do suspeito um mandado de busca e apreensão. Os objetos eletrônicos foram apreendidos e serão periciados.

“Desconfiamos que o investigado possa armazenar conteúdo de pedofilia, o que por si só já configuraria outro crime, além dos estupros”, completou o delegado.