Por: redação | 1 mês atrás

Um grupo de 23 alunos da E.M.E.B. Luiz Francisco Viera recebeu nesta quarta-feira (14/08) o certificado de participação da primeira turma no Programa Defesa Civil na Escola em Defesa do Cidadão “Preparando um Futuro Melhor”. A cerimônia começou às 14h na Câmara de Vereadores, no Centro. Agora os estudantes vão usar o que aprenderam para contribuir nos serviços de prevenção e deixar a comunidade mais bem preparada para identificar riscos e se prevenir. O projeto é uma realização da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil de Itapema, Defesa Civil de Santa Catarina, Secretaria de Educação e Instituto Federal Catarinense (IFC).

A intenção do curso é disseminar o conhecimento da Defesa Civil em casa e no município de Itapema, atingido por várias adversidades climáticas ao longo da história. Segundo o Diretor da Defesa Civil de Itapema, Cabo Motta, as crianças tornam-se fiscais e ajudam os pais a serem mais vigilantes sobre as condições da região em que vivem: “O curso teve quatro meses de duração. Os alunos que participaram foram capacitados através dos próprios professores e também do IFC. Práticas de monitoramento e mapeamento de áreas de riscos constaram na grade de ensino para que eles tenham o conhecimento sobre a necessidade de sobrevivência em caso de algum evento que ofereça perigo a eles próprios e ao seu entorno”, salienta Motta.

O Secretário da Defesa Civil de Santa Catarina, João Batista Cordeiro Júnior, afirma que irá dar continuidade ao projeto. “Eu acredito que iremos mudar uma realidade da sociedade investindo nas crianças e é isto que está acontecendo hoje aqui. A Defesa Civil do Estado, a partir desta primeira experiência, criou uma diretoria de gestão de educação e estamos produzindo material de distribuição gratuita e cursos EAD para trabalhar todas as áreas da Defesa Civil”, revela.

Para a Secretária de Educação, Alessandra Simas Ghiotto, a participação dos alunos trará muitos benefícios para a cidade. “Eu só tenho a agradecer por ter colaborado com tudo isto pois nossos alunos são multiplicadores do bem. Este é um programa que traz cidadania e respeito”, afirma.

A estudante do 6º ano Laura Almeida Ferreira, 11 anos, revela que o projeto irá somar muito em seu cotidiano. “Foi maravilhoso participar desta turma, realmente muito interessante. Pretendo fazer a diferença na comunidade onde vivo, pois irei repassar tudo que aprendi aos demais”, finaliza.