Por: Redação | 07/04/2021

Durante esta terça-feira (6) Santa Catarina registrou o novo recorde de mortes pela Covid-19 em 24h, com 224 vidas perdidas em decorrência do vírus. O maior número até então era do dia 26 de março, quando foram 210 registros em um dia.

Desde o início da pandemia, 11.548 catarinenses perderam a vida pelo vírus , além do registro de 821 mil infectados, sendo 20 mil ainda ativos.

O Estado havia apresentado uma média de dados relativamente mais otimista na última semana, com menos de 100 mortes a cada 24h, o que vinha sendo registrado ao longo de março, mas volta a apresentar um pico de ocorrências ainda nesta terça (6), começo de abril.

 

De tosse a obesidade: veja o perfil dos infectados e mortos por Covid-19 em SC

 

O boletim epidemiológico também aponta um crescimento de 4.068 casos da Covid-19 nas últimas 24h. Assim, a taxa de letalidade se mantém a menor do país, já que os casos confirmados também tem subido em proporções igualmente grandes.

O número de casos que ainda estão ativos vem caindo, já que foram praticamente 40 mil pacientes ativos que haviam testado positivo em março.

Contudo, os principais pontos do Estado ainda apresentam um crescimento no contágio, com o epicentro ainda sendo Joinville, que soma quase 10% do total de confirmações de casos do Estado.

Os municípios com mais casos confirmados da Covid-19 em SC são:

Joinville: 79.832

Florianópolis: 70.505

Blumenau: 41.916

Chapecó: 31.610

São José: 30.607

Criciúma: 27.660

Palhoça: 24.786

Itajaí: 21.472

Balneário Camboriú: 21.136

Brusque: 20.504

200 pacientes ainda aguardam tratamento em UTI

Atualmente, segundo os dados desta terça (6), são 200 pacientes que estão aguardando um leito de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em Santa Catarina. Além disso, 74 pessoas aguardam um leito clínico.

Praticamente metade da fila, com 92 pacientes, fica no Norte do Estado, que apresenta a situação mais crítica. A Grande Florianópolis soma 15 pacientes na fila, e o Sul, a Foz do Rio Itajaí e o Oeste somam 29 cada.

Globalmente, são 97,6% dos leitos de UTI ocupados no Estado, em dado que é “virtualmente inferior à realidade”.

São 40 dos 55 hospitais que não possuem leitos adultos disponíveis, sendo que 9 dos 15 que não estão superlotados somam praticamente de 90% de ocupação ou mais.

SC tem 2,3% da população imunizada

O balanço parcial de Vacinação da Secretaria de Estado da Saúde aponta um total de 2,3% dos catarinenses imunizados, considerando as 171 mil pessoas que receberam a segunda dose da vacina da Covid-19,

Praticamente 10%, contudo, tomou a primeira dose, com 705 mil doses aplicadas, considerando que é o foco atual da campanha de vacinação, que atualmente aplica doses da Coronavac e da vacina da Oxford/AstraZeneca.

Atualmente, as vacinas estão sendo aplicadas em trabalhadores da saúde, indígenas, deficientes, e idosos de pelo menos 69 anos. A última remessa de doses recebidas é do dia 1º de abril, sendo um montante de 309 mil imunizantes.