Por: Ricardo Gebeluca | 22/05/2018

Dois funcionários da Secretaria de Obras de Brusque foram demitidos por justa causa na semana passada. Um deles foi flagrado dormindo e outro foi para casa no horário de serviço, o que motivou as exonerações no dia 18 deste mês.

Os dois eram Admitidos em Caráter Temporário (ACT), de acordo com o secretário de Obras, Ricardo de Souza. Eles trabalhavam no turno da noite e realizavam serviço externo.

No dia dos fatos, o secretário recebeu uma ligação às 2h30 da madrugada. O interlocutor denunciou que os dois funcionários não estavam trabalhando como deveriam.

Souza tentou contatar o superior dos empregados para saber se a denúncia era verdade. Porém, ele não conseguiu contato. “Então liguei para a portaria e disse para os três guardas, em conjunto, irem verificar onde eles estavam”, conta.

Os vigias confirmaram a irregularidade. Um dos servidores estava dormindo no carro e o outro havia ido para casa. O caso foi relatado ao secretário em seguida.

A diretora de Recursos Humanos foi comunicada do problema e do flagrante assim que chegou para trabalhar. No mesmo dia pela manhã, os funcionários foram demitidos por justa causa, segundo Souza.

Os nomes dos ex-empregados não foram revelados pelo secretário porque eles ainda podem questionar a sua demissão judicialmente. Questionado se ele já sabia do caso ou se havia recebido denúncias antes, Souza afirmou que soube no momento do telefonema.

De acordo com o secretário de Obras, os servidores têm de registrar a presença no ponto eletrônico normalmente. Eles vinham fazendo isso, mas a fiscalização posterior é complicada.

No turno da noite é ainda mais difícil conseguir saber onde está cada equipe, segundo o secretário. No caso dos dois demitidos, eles batiam ponto, mas não trabalhavam. Só voltavam às 5h para registrar novamente o ponto.

Souza afirma que pretende melhorar o controle dos servidores com câmeras de monitoramento e com GPS na frota da pasta. No entanto, isso ainda deve levar algum tempo para ser posto em prática.

Fonte: Jornal O Município