Por: Redação | 22/09/2020

Estresse e uso de máscaras. Segundo dermatologistas, esses são alguns dos gatilhos que causaram um aumento e agravamento das doenças de pele. Uma pesquisa publicada no jornal American Academy of Dermatology mostrou que cerca de 83% dos profissionais da saúde que trabalharam na linha de frente contra o vírus em Hubei, na China, perceberam o aparecimento de acne no rosto. Também cerca de 70% destes profissionais relatou sofrer com pele seca e descamação na região da pele coberta pela máscara.

O que ocorre é oclusão (abafamento), que pode causar um quadro inflamatório e um aumento da secreção sebácea. Também é comum que a oclusão cause a dermatite seborreica, que pode provocar vermelhidão, irritação e oleosidade da pele. A acne causada pelo uso da máscara facial ficou tão popular que recebeu até um nome próprio: Maskne (derivado da combinação em inglês de máscara + acne).

Além de serem causadas pelo uso do importantíssimo equipamento de proteção, as doenças de pele também podem ser originadas por outros fatores. Isso porque há uma ligação direta entre o sistema nervoso e a pele, fazendo com que o estado emocional tenha influência direta no órgão. Dermatite, caspa, espinhas e queda de cabelo estão entre as doenças mais comuns relatadas por quem sofre com estresse, sendo a psoríase a mais recorrente.

Geralmente, esse tipo de doença costuma aparecer em quem possui uma predisposição genética, principalmente os jovens. Segundo especialistas, a alimentação também pode influenciar, pois muda o perfil do sebo que é secretado pela pele.

Caso perceba o agravamento ou surgimento de alguma doença de pele, os dermatologistas orientam que é fundamental buscar ajuda profissional, já que a acne pode deixar manchas, a psoríase pode atingir demais órgãos, e a dermatite pode inflamar ou causar incomodo ou desconforto.

Para quem vem sofrendo com este problema, é importante organizar uma rotina de cuidados, com produtos adequados especificamente para seu tipo de pele. Além disso, para evitar o agravamento, é possível amenizar o estresse por meio de atividades físicas, uma rotina de sono e se alimentar de maneira saudável.