Por: Redação | 09/09/2021

Eu, Mayara Montibeler Gottardo, sou Psicóloga Organizacional há quase 10 anos e atuo em um Programa que se chama “FAMÍLIAS”, do Instituto Araxá e Prefeitura de Itapema. O programa nasceu em meio a um cenário caótico em que vive-se atualmente (pandemia da Covid-19, alta de desemprego, índices catastróficos de violência contra a mulher). É composto por uma equipe multidisciplinar, atuando na perspectiva de que família são todes aqueles unidos por um vínculo socioafetivo.

Nele foi me dada a missão de despertar o senso de empreendedorismo para impactar mulheres da comunidade a partir do empoderamento e autonomia. Tendo em vista os laços e a história de cada participante, buscando referências para a construção desse trabalho, me deparo com uma pergunta que guiou toda a minha elaboração: Qual o teu sonho?

E é sobre isso eu quero falar. Mesmo sem olhar para isso todos os dias, o nosso sonho está presente em nossas ações. Mesmo que esteja guardado a sete chaves, escondido em algum lugar que até parece esquecido, o sonho está lá. Ele nos mantém vivos, nos move, como uma brasa que nunca se apaga. Funciona como um guia. Aqui não importa se está certo, se está errado, não importa o que os outros vão achar, não importa quem estará comigo, não importa se é possível ou impossível… afinal, estamos falando de sonhos, é isso que importa: o SONHO! Aqui importa a minha capacidade de sonhar, de olhar para o futuro e projetar situações, de seguir acreditando e olhando para frente, olhar o caos e buscar aliados, pois também é necessário firmar os pés no presente para seguir rumo ao futuro, também é preciso ampliar o olhar para quem sou EU neste universo de possibilidades e impossibilidades, alinhar minhas habilidades com as minhas preferências, e ser capaz de identificar o SONHO para valida-lo junto a realidade presente.

Esta jornada requer apoio, suporte, orientação, informação, conhecimento, escuta qualificada e uma família, que ao olhar da nossa equipe diz respeito a todos aqueles que estão sob o mesmo cuidado possuindo laços afetivos, independente da composição da mesma. Mergulhar nesta jornada pode elevar os sonhos à concretizações reais, pois aqui, no Araxá também somos uma família.

MAYARA MONTIBELER GOTTARDO – Psicóloga Especializada em Desenvolvimento Humano e Organizacional

Assessoria Psicossocial – Instituto Araxá