Por: Redação | 15/10/2021

Nas próximas semanas – a partir de novembro -, começarão a ser desativados os leitos de UTI abertos para tratar pacientes com o novo coronavírus em Santa Catarina. A informação foi repassada pelo secretário-executivo do Ministério da Saúde, Leonardo Soares, ao deputado estadual Laércio Schuster (PSB), nesta quinta-feira (14), em Brasília.

“Eu disse ao secretário que Santa Catarina precisa manter esses leitos de UTI funcionando. Que não podemos voltar aos tempos da ‘ambulancioterapia’. Historicamente, temos déficit de leitos de UTI no Médio Vale e no nosso Estado como um todo”, afirmou Schuster. No Médio Vale, as cidades de Indaial, Timbó e Gaspar têm 40 leitos de UTI Covid.

Soares se mostrou sensível ao problema, teria ficado claro durante a reunião que uma mudança nesse cronograma só poderá ser possível com mobilização política.

Informações nd+