Prontos para salvar vidas, SC tem 10 cães bombeiros


Por: Ana Carolina Souza | 12/06/2018

Santa Catarina tem dez cães treinados para auxiliar os bombeiros no salvamento e resgate de pessoas. Lages, na Serra, é uma desta cidades que conta com esta importante ferramenta de trabalho. Por lá, quem ajuda no serviço é o cão bombeiro Barney.

Da raça labrador, ele tem um cerca de dois anos de idade e para manter a saúde e, principalmente o olfato em dia, segue uma rotina diária de treinamentos e cuidados. Barney se alimenta com ração apropriada e alguns suplementos alimentares. Pratica exercícios físicos: anda em esteira e faz natação.

Com os recursos arrecadados através do Funrebom (Fundo de Reaparelhamento do Corpo de Bombeiros), um tributo municipal, é capaz de realizar consultas e exames em clínicas veterinárias, adquirir brinquedos, equipamentos, e fazer treinamentos específicos.

Devidamente preparado e pronto para a busca e auxílio em salvamento e resgate de pessoas nas mais variadas ocorrências e situações adversas, o cão encara a rotina de trabalho como uma brincadeira, explica o soldado e condutor, Luciano Rangel:

– Ele não busca por simples obrigação, mas sim por ser prazeroso. Para isso, trabalhamos e aguçamos ainda mais o sentido do olfato do cão para as operações dos Bombeiros Militares –  destaca.

SC tem 10 cães bombeiros à disposição

O soldado Luciano Rangel conduz Barney nas operações de salvamento. Com informações DC
Jonathas Guerra