Por: Redação | 02/12/2019

O Conselho de Administração (Consad), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), decidiu aprovar, por unanimidade, o aumento de 15% no valor de 1.788 bolsas estudantis de graduação em dez áreas, com reajuste de R$ 400 para R$ 460 por mês, para 2020. A votação ocorreu na sessão desta terça-feira, 26, em Florianópolis.

Conforme a decisão, o aumento valerá para as bolsas de: apoio discente; projeto de ensino; monitoria de graduação; acessibilidade; extensão; extensão cultural; iniciação à docência (Pibid); iniciação à pesquisa (Proip); iniciação em desenvolvimento tecnológico e inovação (Probiti); e iniciação científica (Probic e Probic AF).

“Agradecemos aos conselheiros do Consad por apoiarem, de forma unânime, o projeto, que atende uma demanda muito solicitada pelos nossos alunos, com participação do DCE”, diz o reitor da Udesc, Marcus Tomasi. “Também é importante frisar que nossa gestão acordou esse aumento com o professor Dilmar Baretta, que assumirá a Reitoria em abril de 2020, durante o exercício do próximo orçamento.”

Além das bolsas estudantis, o projeto apresentado pela Pró-Reitoria de Planejamento (Proplan) ao Consad prevê 1.772 vagas em 2020 para auxílios financeiros a alunos com vulnerabilidade socioeconômica e para pré-vestibular, intercâmbio, pós-graduação e estágio. Isso totaliza a oferta de 3.560 vagas em todas as modalidades de bolsas e auxílios da Udesc.

“No que tange aos valores totais destinados a bolsas e auxílios, passarão de R$ 16.076.477,00 em 2019 para R$ 20.649.744,00 em 2020, representando um acréscimo de 28,4% caso todas as vagas sejam preenchidas em todos os meses. Dessa forma, o valor previsto para o exercício de 2020 representará 4,16% do orçamento da Udesc”, afirma o pró-reitor de Planejamento, Marcio Metzner.