Por: Felipe | 03/10/2017

Há dias um dos componentes de uma guarnição recebeu informações relatando que um homem conhecido como “M. G.”, já conhecido no meio policial, estaria comercializando drogas, tendo como seus associados, sua esposa, I., e outro homem conhecido pela alcunha de “D.”, este último residente na Rua Joaçaba, local onde “D.” armazenava maior parte da droga.

De posse destas informações, na última noite, os policiais decidiram deslocar até a residência de M., com residencia à Rua Acedilio Monteiro de Lima, também no Bairro Rio Bonito.

Lá chegando encontraram “M. G.” em frente a sua casa, em ato contínuo efetuaram a abordagem à M. que, durante busca pessoal, foi encontrado consigo dois torrões pequenos de substância análoga a maconha, embalados individualmente em plástico transparente.

Por esse motivo os policiais entraram na casa, onde lá também abordaram I., sua esposa, e durante busca domiciliar, foi localizado em um cômodo, nos fundos, quatro tabletes de maconha prensada, pesando aproximadamente 1Kg cada, embalado em fita adesiva cor parda, além de uma sacola contendo 29 porções da mesma droga em tamanhos menores, porém iguais ao encontrado com M., na casa também havia a quantia de R$929,00 em dinheiro, provavelmente, oriundos do tráfico.

Também foi encontrado na casa do casal, uma conta de energia elétrica, com o mesmo endereço da denúncia na Rua Joaçaba, local onde seu comparsa D. utilizava para morar e armazenar parte da droga.

Após ser indagado sobre a droga apreendida, e o teor da denúncia, M. assumiu a posse da droga e confirmou que D. residia no endereço da Rua Joaçaba, sendo assim as guarnições se deslocaram para lá, e após entrarem no recinto, localizaram no único quarto da casa, vinte tabletes de maconha, pesando aproximadamente 1Kg cada, embalados da mesma forma da droga encontrada na casa de M. e I., duas balanças de precisão digitais, facas com resquícios de maconha, material plástico para embalar a droga e um caderno com anotações referente ao tráfico.

D. por sua vez não estava na casa, e lá ninguém foi abordado.
Os policiais também apreenderam os celulares do casal, tendo em vista a iminência de existirem transações de tráfico realizadas ali.

No total, toda a droga apreendida pesou aproximadamente 24.528gr.

Diante dos fatos, foi dado voz de prisão ao casal M. e I., que foram conduzidos à Central de Plantao Policial, juntamente com os materiais apreendidos, para as devidas providência legais.