Por: Ricardo Gebeluca | 16/05/2019

Nesta quarta-feira (15), o Departamento de Transporte dos Estados Unidos decidiu por suspender todos os seus voos de passageiros e de carga destinados ou oriundos da Venezuela. O órgão justificou a medida por questões de segurança, mencionando relatos de violência e distúrbios que vêm ocorrendo nas proximidades dos aeroportos do país e colocam em risco passageiros, aeronaves e tripulações.

Devido à crescente instabilidade política e consequentes tensões, boa parte das companhias aéreas já haviam interrompido seus serviços de/para a Venezuela, mas algumas empresas domésticas, como a Avior Airlines e a Laser Airlines, seguiam operando a partir de Miami.

A proibição preocupa os venezuelanos quanto ao impacto no recebimento de alimentos e outros itens de parentes que vivem no exterior. Contudo, a Laser Airlines disse que irá manter os voos entre os países através de uma escala em Santo Domingo, na República Dominicana.

Créditos da foto: Yuri Cortez/AFP